Tuesday, August 28, 2012

Em quais imagens se deleitar


Enquanto pesquisava listas de livros infantis recomendados para pegar na Biblioteca, livros para iluminar momentos de leitura com meus filhos aconchegados no sofá ao meu redor, deparei-me com uma das citações da grande educadora Charlotte Mason de "que a educação está preocupada em ensinar a criança em quais imagens se deleitar". 

Embora a citação seja parte de toda uma filosofia de educação, não consigo parar de pensar em apropriar-me dela e aplicá-la ao meu próprio ângulo de vida. Em quais imagens se deleitar! Não é isso que está faltando na sociedade atual? As imagens se misturaram e de uma pilha de opções não sabemos qual escolher. Muito menos ensinar nossos filhos como uma imagem para se deleitar se parece.

E o mundo se torna mais escuro, nossas músicas mais escuras, nossos livros mais escuros, nossos filmes mais escuros, nossos hábitos mais escuros, nossos adolescentes se movendo mais profundamente em direção ao escuro e em meio a tudo isso nem percebemos mais a ausência da luz. Quanto mais escuro o túnel, mais difícil enfrentar o sol lá fora. Por que não tornar o túnel nosso lar, e esquecer at
é de que o sol ainda brilha no céu? 

Mas sem sol, não há vida. Sem sol, não há sustento. Sem sol, não há brilho. Como achar brilho nas imagens, sem luz? Sem luz não há frutos. Eu quero frutos. Assim meu objetivo 
é aprender junto com meus filhos em quais imagens nos deleitarmos. Iniciamos nossa jornada com o autor da luz. Quem mais poderia mostrar o caminho? 

E lá, afundados no conforto do sofá, deixamos Sua luz transformar nossos olhos. Para que possamos realmente enxergar como uma imagem para se deleitar se parece.

Tuesday, August 14, 2012

Os dois lados do espelho




Olho o espelho a minha frente, e lá ela está, olhando dentro dos meus olhos: minha imagem. Ela é uma cópia de mim mesma, entretanto, desaparece assim que me vou. Ela é a outra metade que está sempre comigo, a imagem reflexa que descreve como sou. 

No entanto, nem todos espelhos refletem a imagem verdadeira. Alguns alongam, alguns encurtam, alguns fazem-nos parecer cheias de beleza irradiante, outros, cheias da realidade crua. Eles são uma boa tentativa, mas não a realidade. Eles refletem uma imagem distorcida de quem sou parecer. Mas será que sei quem sou parecer? 

E a dúvida persiste com o continuar do dia ... É esta a imagem de quem eu deveria ser ou será apenas uma versão distorcida? Porque no princípio, uma imagem mais clara foi criada, a verdadeira, de quem sou apenas o reflexo, e o tão distante quanto estou daquela imagem, o tanto mais anseio me aproximar dela. Para me tornar a cópia original, antes de tudo ter ficado embaçado. 

Deus correu os olhos pela Terra, depois dos seis primeiros dias da criação e viu que era bom. A natureza era boa, as estações eram boas, o oceano com vida borbulhante e a terra com espécies viventes, todas cantando louvores e refletindo o milagre da criação, eram boas. O homem entra em cena, e em seguida a mulher; completo. Um lugar com abundancia de coisas boas. 

Não seria um lugar com abundancia de coisas boas e com a glória de Deus, o suficiente? Um mundo material, sem a distorção, espelhos rachados, abençoado com a visão plena da beleza, carregando o toque de Deus em cada toque? Mas havia mais para ver, sim, a verdade escondida, aquela que Deus tinha deixado de fora da criação: o caos, o mal e a morte apodrecendo. E quem gostaria de vê-la, quando faria cessar o sorriso, o louvor e a alegria? Mas Eva queria ver o outro lado do espelho, aquele que Deus havia deixado de fora, por uma boa razão. 

Ela espia e em um instante é engolida para dentro. É claro que agora ela poderia saber o bem e o mal, mas o outro lado do espelho, onde o caos, o mal e a morte apodrecendo residem, é sem Deus. É escuro, feio e doloroso. Eva quis ser como Deus, mas como que a lua poderia ser como o sol, quando seu objectivo é apenas refletir, e não produzir luz? 

Uma imagem distorcida olha para mim. Porque a verdadeira está lá traz, aquela que ficou no Jardim, a que era para ter durado. E tudo o que hoje temos é um reflexo de quão bom foi um dia, um espelho coberto por vapor, raios de luz escapam aqui e ali, mas ai, tanta dor. É doloroso estar presa no lado errado do espelho. 

Ao ler minha Bíblia, vejo a luz começando a brilhar, a saida dessa realidade afundando. Deus nos presenteou com um caminho para uma imagem real, não a primeira, mas uma celestial, ainda melhor. Um novo homem! Uma nova mulher! Uma nova criação! Mas como pode isso ser possível? "E, assim como trouxemos a imagem do terreno, assim traremos também a imagem do celestial". 1 Coríntios 15:49 

Um passo para longe de espiar dentro. O resgate para longe da nuvem feia, escura e nublada. Jesus Cristo entra dentro do lado errado do espelho, para libertar-nos de dentro dele, mesmo quando isso significa derramar-Se como água, sofrer todos os cacos do vidro rasgando-O em pedaços. E assim, Ele inicia um novo começo, longe de lados errados do espelho e imagens distorcidas. O primogênito da nova criação, um caminho aberto para seguidores. "Porque os que dantes conheceu também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que Ele seja o primogênito entre muitos irmãos." Romanos 8:29 

Ainda há esperança, mesmo dentro do tempo presente, o início da cura. "Mas todos nós, com rosto descoberto, refletindo como um espelho a glória do Senhor, somos transformados de glória em glória na mesma imagem, como pelo Espírito do Senhor." 2 Coríntios 3:18 Ela consiste em cessarmos a vontade de ser deuses, enterrarmo-nos nos braços de Jesus, agarrar Sua salvação com arrependimento, deixarmos sua graça dissolver os últimos pedaços dos nãos, permitir Sua glória brilhar. 

Será que podemos ver a imagem toda? Podemos nos saturar no Seu amor e segurança? Espiar do outro lado e descansar tranquilos de que a imagem atual é apenas uma versão distorcida, aguardando Sua glória plena para tornar todas as coisas nítidas? Podemos viver pela fé? 

"Que transformará o nosso corpo abatido, para ser conforme o seu corpo glorioso, segundo o seu eficaz poder de sujeitar também a si todas as coisas." Filipenses 3:21

Friday, July 13, 2012

Judas, o filho de uma religião


É um enorme privilégio e também uma grande responsabilidade ser filho de pais que amam e seguem a Jesus. Ser filho de pais que andam tão perto de Deus que Seu toque é claro e visível de tantas formas diferentes. Filhos que assistem de camarote Deus trabalhando na vida de seus pais de maneiras surpreendente, filhos que não apenas ouvem falar sobre Deus, mas enxergam Deus trabalhando através de seus pais.

Era uma vez um filho assim. Nabucodonosor, rei da Babilônia, tinha invadido Jerusalém e tomado consigo toda sua riqueza: ouro, prata e até mesmo seus melhores habitantes para servir em seu palácio. Mas seu coração se torna tão orgulhoso, que Deus toca sua vida e o faz como os animais, parecendo um louco, até que ele reconhece seu orgulho, e adora a Deus que é acima de tudo e de todos. "Agora, pois, eu, Nabucodonosor, louvo, exalço e glorifico ao Rei do céu; porque todas as suas obras são verdade, e os seus caminhos juízo, e pode humilhar aos que andam na soberba." Dan 4:37

O natural seria pensar que os filhos de Nabucodonosor, depois de vê-lo passar por uma experiência tão poderosa, teriam aprendido uma lição. Mas seu filho Belsazar, sucessor do trono, uma vez rei, age completamente contra Deus. Belsazar decide fazer uma festa e usar os vasos e copos que estavam do templo em Jerusalém para beber vinho e louvar os deuses de ouro e prata, bronze e ferro, madeira e pedra. (Dan 5:4) No entanto, Deus estava assistindo tudo, e através do profeta Daniel avisa: "E tu, Belsazar, que és seu filho, não humilhaste o teu coração, ainda que soubeste tudo isto. E te levantaste contra o Senhor do céu... mas a Deus, em cuja mão está a tua vida, e de quem são todos os teus caminhos, a ele não glorificaste". Dan 5:22,23 Naquela mesma noite Belsazar é morto por outro rei que assume seu reino.

"Ainda que soubeste tudo isto". Que declaração poderosa! Os anciãos, sacerdotes e mestres da lei que mataram Jesus eram todos descendentes daqueles que tinham visto o Mar Vermelho  se abrir, que comeram o maná que descia do céu e que assistiram uma forte muralha ao redor de Jericó cair por si só, dentre tantos outros milagres. Eles cresceram ouvindo seus pais contares essas histórias muitas vezes. Eles sabiam tudo isso. E, no entanto, eles mataram o Filho de Deus. Por quê? Porque eles se tornaram filhos de uma religião, e não filhos de Deus.

Judas Iscariotes, também era filho de uma religião. Ele era um seguidor tão devoto de sua religião que fez exatamente o que os líderes de sua religião queriam que ele fizesse: entregou Jesus para eles. E, assim como Belsazar, deu mais louvor aos deuses de ouro e prata, bronze e ferro, madeira e pedra, já que estava mais interessado no dinheiro do que no próprio Deus. "E disse: Que me quereis dar, e eu vo-lo entregarei? E eles lhe pesaram trinta moedas de prata". Mat 26:15

Jesus tinha alimentado Judas, aberto os olhos dos cegos, ressuscitado mortos, feito coxos andarem. Judas sabia tudo isso, ele sabia por ter ouvido seus pais contarem as histórias do passado, ele sabia por ter enxergado com seus próprios olhos os milagres que Jesus realizava. Mas ele, entretanto, optou por seguir uma religião.

Você é filho ou filha de uma religião? Ou você é filho ou filha de Deus? Você está seguindo apenas os rituais de seus pais, ou está seguindo a Jesus? Entenda que Jesus chama os filhos de uma religião, filhos do diabo. "Se Deus fosse o vosso Pai, certamente me amaríeis, pois que eu saí, e vim de Deus;... Vós tendes por pai ao diabo, e quereis satisfazer os desejos de vosso pai". João 8:42-44

Quem você prefere ter como seu pai: o diabo, um mentiroso e assassino, ou Deus, a Verdade e Aquele que oferece vida eterna? "Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que crêem no seu nome". João 1:12 Se você não está seguindo a Jesus, está seguindo alguma outra coisa, talvez você pense que está seguindo os deuses de ouro e prata, como Judas, mas Judas estava no entanto seguindo uma mentira, ele estava seguindo seu pai, o diabo.

O que mais Jesus tem que fazer para chamar sua atenção? Ele já entregou Sua pessoa, Sua vida, Seu corpo, Seu sofrimento e todo Seu amor por você. Ele quer que Deus seja seu pai. Deus quer ouvir você chamá-lo de Aba Pai, Ele quer livrá-lo de servir ao outro pai, o diabo. Ele quer te dar vida, vida abundante. Ele quer que você viva tão perto dele, que Seu toque se torne claro e visível em muitas ocasiões, para que possa assistir Ele trabalhar em sua vida de maneiras incríveis, e O enxergue com seus próprios olhos, olhos de um verdadeiro filho de Deus.

Monday, June 25, 2012

Glória por Cinzas



Cinzas significam o fim da esperança, quando não sobra absolutamente nada, nem mesmo algo útil para ser queimado! Cinzas são uma imagem do estado mais baixo que podemos chegar. Cinzas eram usadas no passado para demonstrar o quão triste uma pessoa se sentia, o quão quebrantado seu coração estava, eles costumavam cobrir  suas cabeças e roupas com cinzas como testemunho público de tristeza e desespero. 

Todos temos períodos de cinzas em nossas vidas, quando a esperança chega ao fim, quando não há nenhuma beleza para almejar, nenhuma perspectiva. Há também muitas pessoas neste mundo que vivem em cinzas durante a maior parte de suas vidas, pessoas escravizadas, pessoas sofrendo perseguição e dor, vivendo dentro de zonas de guerra. Tudo ao redor delas são cinzas, cinzas e mais cinzas. Quando tudo é tão opaco que nada é capaz de refletir luz.

A resposta de muitos é olhar para cima e perguntar: Por quê? Ou talvez apontar o dedo para Deus e culpá-lo por todo o mal que acontece no mundo, ou mesmo chegar ao ponto de negar Sua própria existência, porque não concordam com a maneira como Deus estaria exercendo Seu poder. Mas, independentemente de alguns decidirem não acreditarem na existência de Deus, ou outros acusá-Lo pelo mal que acontece no mundo, nossas cinzas são um problema com que teremos que lidar uma hora ou outra. Elas não desaparecem quando negamos que Deus existe, ou quando culpamos Deus, elas ainda estão lá cobrindo nossas roupas e nossos corações.

Qual é a solução, então? Havia um homem chamado Jó, que sofreu a perda de todos seus pertences, seus filhos e sua saúde. Ele ficou sem nada, apenas com cinzas. No entanto, Deus queria transformar essas cinzas em glória, assim Deus trabalha no coração de Jó passo a passo para transformar até mesmo a parte mais interna de seu coração. Durante esse processo, Deus pergunta a Jó algumas perguntas bem diretas, que poderiam ser perguntadas para muitos de nós hoje: "Onde estavas tu, quando Eu fundava a terra? Faze-mo saber, se tens inteligência. Quem lhe pôs as medidas, se é que o sabes? Ou quem estendeu sobre ela o cordel?... Porventura o contender contra o Todo-Poderoso é sabedoria? Quem argüi assim a Deus, responda por isso....Porventura também tornarás tu vão o Meu juízo, ou tu Me condenarás, para te justificares? Ou tens braço como Deus, ou podes trovejar com voz como Ele o faz?" Jó 38:4-5, 40:8,9.

Deus toca no âmago do coração de Jó para mostrar que Ele está muito além de qualquer compreensão humana, sendo até ridículo para nós seres humanos apontarmos nossos dedos para Deus: dedos criados pelo próprio Deus! Mas lembre-se de que Deus não estava tentando assustar a Jó, Ele amava Jó e queria remover todo o orgulho do coração de Jó para dar lugar a algo muito melhor, algo muito mais bonito. Jó chega a esse estado de alma quando proclama "Bem sei eu que tudo podes, e que nenhum dos teus propósitos pode ser impedido... Com o ouvir dos meus ouvidos ouvi, mas agora te vêem os meus olhos. Por isso me abomino e me arrependo no pó e na cinza." Jó 42:2-6.


Agora meus olhos te vêem! Havia tanta coisa que precisava primeiro ser queimada e transformada em cinzas para desobstruir a visão de Jó e ele poder realmente ver a Deus! Ver Sua glória, Sua sabedoria, Seu poder, mas também Seu amor e Sua graça. Deus, no final dessa tribulação de Jó, abençoa-o de volta duas vezes mais do que ele tinha antes. Ele tem mais 10 filhos e suas filhas são as mulheres mais bonitas de toda a terra. É de fato um final feliz.


Jesus Cristo veio a este mundo para dar glória por cinzas. A Bíblia inteira está repleta de histórias de cinzas transformadas em glória ou beleza por Deus, mas a mais bonita dessas histórias é quando Deus transforma o assassinato de seu filho Jesus Cristo, as piores cinzas que este mundo jamais poderia ter produzido, na mais linda beleza: a salvação dos homens. Jesus Cristo foi coberto por cinzas (Lam 3:16), Ele tomou sobre Si todas nossas cinzas, todo nosso desespero e feiúra e sofreu por cada uma delas. E depois que seu corpo estava morto, ao invés de retornar ao pó, Ele ressuscitou, trazendo esperança às nossas próprias cinzas.


Deus não nos deixou sozinhos para lidar com nossas próprias cinzas, e Ele não está permitindo que o mal aconteça no mundo, porque Ele não se importa. Ao contrário, Ele se importa tanto que Jesus Cristo recebeu em seu corpo cada uma de nossas cinzas, e Ele fez isso porque Ele te ama. Não há cinzas que não possam ser transformadas em glória, em beleza. Se você realmente acreditar que Ele morreu por você, que Ele trouxe uma solução para o mal desse mundo sofrendo julgamento contra Seu próprio coração, Ele irá transformar suas cinzas em glória.


Esteja ciente de que se Deus descesse aqui hoje para destruir todo o mal no mundo, Ele teria que destruir o seu e o meu coração, porque nós também somos parte do problema. Mas Ele ainda não retornou como juiz, e ainda hoje oferece uma solução para o problema do mal em seu coração.


Você quer acabar com o mal no mundo? Comece com seu próprio coração, deixe que Ele transforme-o, molde-o à Sua forma de amor. E o que fazer com as cinzas que ainda poderão ocorrer em nossas vidas por vivermos em um mundo cheio de mal? Lembre-se também que o fim de nossa história não é quando morremos, toda eternidade nos aguarda com mais do que dobro, mais do que triplo de bênçãos para aqueles que aceitam Sua solução. 


Não há cinzas que não possam ser transformadas em glória, apenas entregue-as para Ele. 

Tuesday, June 12, 2012

Um Conto de Duas Beldades

























Beleza é a palavra do dia. Se seu corpo estiver dentro de uma determinada forma, se seu cabelo seguir um certo estilo e se sua pele brilhar de uma certa maneira, você está a caminho do sucesso. Esta é a mensagem: faça da perfeição a sua meta, não aceite nada menos. Tente o mais que puder, e um dia, algum dia, você chega lá. Chegará aonde as modelos chegaram, aonde os atletas profissionais chegaram, aonde as estrelas de Hollywood chegaram: na terra dos belos e em forma.

E se mesmo com todo seu esforço você não chegar lá, não se preocupe, basta entregar seu dinheiro aos especialistas que eles dão uma recauchutada em você. Seja o que for, nunca desista, porque a perfeição está logo a frente. Alguém mais acha essa mensagem deprimente? Que tal uma mensagem diferente, aquela aonde você não tem como meta se transformar em uma criatura perfeita, mas buscar o criador perfeito?

Santo Agostinho uma vez escreveu: "A beleza é realmente um bom presente de Deus, mas para que o bom não pense que é um grande bem, Deus dispensa-a até ao ímpio. " O sábio Rei Salomão disse: "Enganosa é a beleza e vã a formosura." Prov. 31:30.

Era uma vez um homem que era "tão belo que entre os filhos de Israel não havia outro homem mais belo do que ele; desde os ombros para cima sobressaía a todo o povo."1 Samuel 9:2. Este homem, Saul, foi  escolhido para ser o primeiro rei de Israel, porque o povo de Israel não queria ter "apenas" Deus como rei, eles queriam ser como as nações ao redor deles. Assim Deus, mesmo sabendo que eles estariam em uma situação pior ao terem um rei, permite que eles recebam exatamente o que pediram: Saul, um rei perfeitamente belo.

No entanto, seu rei perfeitamente belo não segue as ordens de Deus já no início do seu reinado e até chega ao ponto de desobedecer um comando direto de Deus para ir e destruir o rei dos inimigos Amalequitas e tudo o que tinham. Como resultado, Deus o rejeita como rei e escolhe em seu lugar um jovem com aparência não tão viril, chamado Davi, "porque o Senhor não vê como vê o homem, pois o homem vê o que está diante dos olhos, porém o Senhor olha para o coração." 1 Samuel 16:7-8.

Muitos e muitos anos depois, era uma vez uma jovem órfã, Ester, que na verdade era uma parente distante daquele rei Saul. Ela estava vivendo com o povo de Israel sob o jugo de um rei pagão, em uma terra estrangeira, e nessas condições, já não havia importância que um dia Saul havia sido rei e que ela era parte da família dele.

E aconteceu que o rei pagão deste reino estava à procura de uma esposa e ordenou a seus servos que vasculhassem todo reino por uma bela dama para ser sua rainha. Esther foi uma das escolhidas porque "era atraente e muito bonita", e "Foi levada Ester ao rei Assuero, à sua casa real, ... E o rei amou a Ester mais do que a todas as mulheres, e alcançou perante ele graça e benevolência mais do que todas as virgens; e pôs a coroa real na sua cabeça..." Ester 2:16-17.

Ester é escolhida pelo rei por causa de sua beleza, mas ela é escolhida por Deus porque tinha uma missão especial a cumprir. Ela teria que, em um certo momento, confrontar a Hamã (que acredita-se ser um descendente daquele mesmo rei dos Amalequitas que Saul poupou), para salvar seu povo. E para chegar a esse ponto, ela teria que tomar uma decisão muito difícil: "E assim irei ter com o rei, ainda que não seja segundo a lei; e se perecer, pereci (ou Se eu tiver que morrer, morrerei)." Ester 4:16. Ela estava pronta para morrer por seu povo, ela tinha um verdadeiro coração de rainha!

Ester se havia tornado rainha de um reino que se estendia desde a Índia até a Etiópia, e ela poderia ter escondido sua verdadeira identidade e calada assistir seu povo sofrer, enquanto apreciava os luxos de ser amada por um rei tão poderoso. No entanto, ela escolheu não apenas ser bonita, mas também sábia e seguir o propósito de Deus para sua vida, salvando seu povo.

Deus presenteia mulheres com beleza física, mas Ele nos lembra que, "A mulher que teme ao Senhor, essa sim será louvada. Dai-lhe do fruto das suas mãos, e deixe o seu próprio trabalho louvá-la nas portas." Provérbios 31:30-31. Esther deixou seu próprio trabalho louvá-la nas portas, e não sua beleza. Um feriado comemorativo se iniciou em sua memória, chamado de Purim, celebrado pelo povo de Israel. No entanto, as obras, ou o trabalho de Saul não estiveram a par de sua beleza, perdendo a oportunidade de servir a Deus como rei de Israel. Sua vida se finaliza de uma forma triste e trágica.

"E, assim, a beleza, que é de fato obra de Deus, mas apenas um tipo de bem temporal, carnal, e menor, não é convenientemente amada em detrimento de Deus, o bem eterno, espiritual e imutável." Santo Agostinho.

Que tipo de beleza você está procurando, um corpo bonito que vai durar alguns anos e nada mais, ou um coração bonito, que reflete a beleza de Deus em Cristo?

"Porque foi subindo como renovo perante ele, e como raiz de uma terra seca;

não tinha beleza nem formosura e, olhando nós para ele, não havia boa aparência nele, para que o desejássemos.
Era desprezado, e o mais rejeitado entre os homens, homem de dores, e experimentado nos trabalhos;
e, como um de quem os homens escondiam o rosto, era desprezado, e não fizemos dele caso algum.

Verdadeiramente ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e as nossas dores levou sobre si;
e nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus, e oprimido.
Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e moído por causa das nossas iniqüidades;
o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados."
Isaías 53:2-5

Tuesday, June 5, 2012

Maria, a adolescente


Você confiaria uma adolescente para fazer parte do plano de salvação para a humanidade? Você incubiria uma adolescente com a criação de um rei? Você acha que uma adolescente seria madura o suficiente ou espiritual o suficiente para carregar o Filho de Deus em seu ventre? Não sei sobre você, mas eu não confiaria. E no entanto, Deus escolheu Maria, a adolescente.

A Bíblia não diz quantos anos Maria tinha quando concebeu Jesus pelo Espírito Santo, mas de acordo com a tradição daquela época, as meninas eram dadas em casamento muito cedo em suas vidas. A maioria dos comentadores acredita que Maria não teria mais do que 17 anos de idade na época em que o Anjo falou com ela.

É difícil enxergar através das diferenças culturais, entender qual era o grau de maturidade de uma menina adolescente judia durante o tempo em que Jesus nasceu, mas uma coisa é certa, ser uma menina de 14 anos de idade naquela época significava que ela tinha vivido 14 anos, o mesmo para uma menina de 14 anos hoje. Então, como é que uma adolescente escuta do anjo "porque achaste graça diante de Deus"? Lucas 1:30. Lembro-me de um outro homem a quem o mesmo foi dito: Noé. "Noé, porém, achou graça aos olhos do Senhor" Gênesis 6:8. E como é Noé descrito? "Noé era  homem justo e perfeito em suas gerações, Noé andava com Deus" Gn 6:9.

Nós temos uma tendência em nossa cultura de dar aos adolescentes passe livre para se divertir, desfrutar a vida, passar tempo com os amigos e seguir seus próprios interesses. Não há nada de errado nessas coisas em si mesmas, mas às vezes me pergunto se a adolescência se tornou ao invés de uma idade para amadurecimento, uma idade com passe livre para ser imaturo. Deus escolheu uma adolescente para receber a notícia mais bonita que qualquer ouvido poderia ter escutado "E eis que em teu ventre conceberás e darás à luz um filho, e por-lhe-ás o nome de Jesus. Este será grande, e será chamado filho do Altíssimo; e o Senhor Deus lhe dará o trono de Davi, seu pai; E reinará eternamente na casa de Jacó, e o seu reino não terá fim" Lucas 1:31-33.

Todos os profetas e reis do Antigo Testamento teriam dado qualquer coisa para ouvir tais palavras. E, no entanto, Deus não escolheu um profeta, um sacerdote ou um rei para ouvir essas palavras. Deus escolheu uma adolescente. Por quê? Maria entendeu o porquê. Ela diz: "Minha alma engrandece ao Senhor, e o meu espírito se alegra em Deus meu Salvador; porque atentou na baixeza de sua serva... dissipou os soberbos no pensamento de seus corações, depôs dos tronos os poderosos, e elevou os humildes" Lucas 1:47-52. Porque toda a glória vai para Deus. Ele escolhe os humildes, os servos, os simples, os famintos e os pobres. "Glória a Deus nas alturas, paz na terra, boa vontade para com os homens (ou aos homens aos quais Ele concede o seu favor)" Lucas 2:14.

A resposta de Maria ao anjo mostra que ela tinha fé no que Deus estava fazendo em sua vida. Ela não entendia tudo, provavelmente estava temendo a vergonha de ficar grávida antes de ser casada, e o risco de perder José, mas ela responde: "Eis aqui a serva do Senhor! Cumpra-se em mim segundo a tua palavra" Lucas 1:38. Maria não era santa, ou um ser humano com poderes especiais. Ela era uma menina adolescente vivendo dentro de uma sociedade que tratava as mulheres como um gênero inferior. Mas ela estava pronta para ser parte do plano de Deus.

E você? Você é uma adolescente? Você está sobrecarregada por tantas pressões da sociedade e de seus amigos e familiares? Você sente que existem tantas mensagens diferentes sendo ditas a você todos os dias? Alguns dizem que a coisa mais importante que você pode ter agora é a aprovação de seus amigos, alguns dizem que é a sua aparência, o namorado que você consegue ter, o quão avançada academicamente você está ou o quão boa em esportes você consegue ser. O que Deus tem a dizer? "Lembra-te também do teu Criador nos dias da tua mocidade, antes que venham os maus dias, e cheguem os anos dos quais venhas a dizer: Não tenho neles contentamento" Eclesiastes 12:1. "Foge também das paixões da mocidade; e segue a justiça, a fé, o amor, e a paz com os que, com um coração puro, invocam o Senhor" 2 Timóteo 2:22.

Você quer ter um coração puro? Primeiro peça a Jesus para transformar seu coração, com Seu amor, com a obra de amor que Ele fez na cruz por você. Não importa o que todo mundo diz: seus amigos, as revistas modernas, as estrelas de Hollywood, o namorado. Em 100 anos, todos eles não estarão aqui mais. O que eles pensam não importa quando você coloca as coisas em perspectiva. Mas Jesus está dizendo a você, como o anjo disse a Maria: "Não tenha medo .... Porque para Deus nada é impossível" Lucas 1:30, 37. Ele quer segurar sua mão. Ele quer tornar seu coração maduro, para ser como o dEle. Ele quer mostrar que você não é "apenas" uma adolescente, você é abençoada, pois "Bem-aventurados (ou abençoados) aqueles cujas maldades são perdoadas, e cujos pecados são cobertos. Bem-aventurado o homem a quem o Senhor não imputa o pecado" Romanos 4:7-8.

Você está pronta para dizer: "Cumpra-se em mim segundo a tua palavra"? Você está pronta para deixar Jesus tomar a direção da sua vida?

Friday, May 25, 2012

Você me ama?



Tenho dois filhos que amo mais do que palavras poderiam descrever, e meu desejo a cada dia é que consigam brincar um com o outro sem brigar. Entretanto, de vez em quando, vejo um machucando o outro e tenho que intervir. Não é porque amo um mais do que o outro que disciplino aquele que estava machucando seu irmão. É porque amo demais a ambos que não quero que um machuque o outro. Meu objetivo é que aprendam a amar um ao outro. 


Quando olho para os Dez Mandamentos dados por Deus para seu povo Israel, enxergo-os divididos em dois grupos: os sobre amar Deus acima de todas as coisas, e os sobre amar uns aos outros. Paulo diz "A ninguém devais coisa alguma, a não ser o amor com que vos ameis uns aos outros; porque quem ama aos outros cumpriu a lei. Com efeito: Não adulterarás, não matarás, não furtarás, não darás falso testemunho, não cobiçarás; e se há algum outro mandamento, tudo nesta palavra se resume: Amarás ao teu próximo como a ti mesmo. O amor não faz mal ao próximo. De sorte que o cumprimento da lei é o amor" Romanos 13:8-10. É assim tão simples? Tudo que devemos fazer é amar nosso próximo como a nós mesmas, e teremos seguido metade dos mandamentos de Deus?


Boa sorte tentando fazer isso. E lembre-se que é necessário amar o próximo também no seu coração, não somente com ações. "E ainda que distribuísse toda a minha fortuna para sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, e não tivesse amor, nada disso me aproveitaria" 1 Coríntios 13:3. 


Acredito que Deus deu tais mandamentos porque Ele queria o melhor para seu povo. Porque quando os Israelitas seguissem os mandamentos, estariam não somente agradando a Deus, mas também sendo protegidos de machucar uns aos outros - protegidos de viverem vidas egoístas e destrutivas. Mas como a História mostra, eles, assim como nós, fracassaram em seguir a lei e até usaram a lei para machucar uns aos outros.


Então, como é que alguém pode ser capaz de seguir tais mandamentos? Como é que alguém pode ser capaz de parar de machucar outras pessoas e encerrar a vida egoísta e destrutiva? Quando alguém perguntou a Jesus qual era o grande mandamento na lei, Jesus disse-lhe: "Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento. Este é o primeiro e grande mandamento. E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Destes dois mandamentos dependem toda a lei e os profetas" Mateus 22:37-40. Você consegue ver a beleza no que Ele diz? Jesus está dizendo que a não ser que você siga o primeiro mandamento, boa sorte tentando seguir qualquer outro. 


Eu e você podemos tentar negar-nos a nós mesmas. Podemos tentar a cada dia não agradar a nós mesmas, e isso vai requerer um tremendo esforço. Mas geralmente quando não estamos adorando ou venerando a nós mesmas, iremos começar a adorar alguma outra coisa, nossa carreira, nossos bens, nossa família, nosso status, e até nossa religião. Entretanto, são apenas ídolos; tão errado quanto adorar a nós mesmas.


Quando você coloca Deus no centro da sua vida, como o único objeto da sua adoração, então tudo o mais se encaixa! Deus é o único objeto de adoração que é digno da nossa adoração porque Ele é Deus! Ele é completamente santo, eterno, onipresente, onipotente, onisciente e justo. Ele criou todo o Universo e cada um daqueles detalhes nas matérias da escola que eu e você provavelmente tivemos dificuldade de aprender: Matemática, Química, Física, Engenharia, Biologia, Línguas, Arte, e a lista é mesmo sem fim. Ele está acima do tempo, acima da mortalidade, acima do conhecimento. Ele é digno da nossa vida inteira, e de toda  glória e honra. E quando nós O adoramos, ficamos libertos da necessidade de adorar qualquer outro objeto que eventualmente nos trará destruição e machucará aos outros. 


Entretanto, Deus também sabe que em nós mesmas não temos forças suficiente para colocá-lO no centro de nossas vidas, amá-lO por quem Ele é, e adorá-lO. Assim, Ele nos buscou primeiro, Ele amou ao mundo de tal maneira, Ele ofereceu o que era mais precioso ao Seu coração: Seu próprio Filho, para nos libertar do pecado. Para receber Nele a disciplina justa pelo machucado que estávamos fazendo. O julgamento justo para nos libertar da nossa natureza auto destrutiva e pecaminosa. E o amor de Deus é tão grande que Paulo o descreve "Pois estou convencido de que nem morte nem vida, nem anjos nem demônios, nem o presente nem o futuro, nem quaisquer poderes, nem altura nem profundidade, nem qualquer outra coisa na criação será capaz de nos separar do amor de Deus que está em Cristo Jesus, nosso Senhor" Romanos 8:38-39.


Antes de Jesus voltar aos céus, Ele pergunta a Pedro. "Simão, filho de Jonas, amas-me mais do que estes?" e de novo "Simão, filho de Jonas, amas-me?" e mais uma vez "Simão, filho de Jonas, amas-me?". Jesus queria ter certeza de que Pedro entendia que seria somente se ele amasse Jesus acima de todas as coisas, até acima de seus irmãos, que ele poderia seguir a Jesus. Que ele poderia apascentar as ovelhas de Jesus, que poderia ser o testemunho maravilhoso que foi diante de multidões de pessoas. Se Jesus não estivesse no centro do coração de Pedro, seria em vão ele tentar servir a Jesus. 


Mulher, você me ama? Jesus te pergunta. Você me ama acima de tudo e de todos?  O céu é o lugar onde os que são lavados pelo sangue de Jesus passarão a eternidade adorando-O. Por quê você desejaria ir para lá, se Jesus não significa nada para você? Ele pergunta: Mulher, você me ama? Então, segue-me.

Tuesday, May 22, 2012

O que é que estamos fazendo aqui?


O que é que estamos fazendo aqui? Qual é o objetivo de nós nascermos, vivermos e morrermos? Será que somos o resultado de milhares de acasos e por sermos apenas um acidente no Universo, nossa vida não tem nenhum propósito? Será que fomos criados pelo caos, pela fusão acidental de partículas? Ou será que quando olhamos ao nosso redor nos deparamos com a mão de um artista que criou não apenas função mas beleza?

Só existem duas conclusões. Ou nossa vida é um acidente ou nossa vida está dentro de um plano maior que nós mesmas. E se nossa vida está dentro de um plano maior que nós mesmas, qual é esse plano? Será que estamos aqui para aproveitar o máximo tudo de bom ao nosso redor? Será que estamos aqui para criar memórias, alcançar sucesso, ou construir um nome? Será que estamos aqui para fazer o que acharmos melhor para nós mesmas? O que é que estamos fazendo aqui?

Eu acredito que a resposta está dentro de outra pergunta : Qual é o plano que o criador de tudo e de todos tem para você? Se Ele criou tudo e todos, e se Ele colocou você nesse momento dentro da história do mundo, qual é o plano dEle para você? Qual é o objetivo de você ter nascido, e estar viva na Terra nesse momento?

Jesus Cristo veio ao mundo mostrar qual é o plano para a sua vida. Ele disse "Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele". João 3:17 e quando orava ao Pai "Eu glorifiquei-te na terra, tendo consumado a obra que me deste a fazer". João 17:4-5

Jesus Cristo veio ao mundo para trazer salvação ao mundo e glorificar a Deus na terra. Ele veio ao mundo para "que te conheçam, a ti só, por único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste". João 17:3 Para que você pudesse enxergar o amor de Deus, enviando Seu próprio filho para receber o castigo que você merecia, e dar glória e adorar a Deus "para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna". João 3:16

E após crer em Jesus como seu Salvador, será que existe algum plano de Deus para você? Será que existe algo que você só pode fazer enquanto estiver aqui na Terra? Jesus disse "Assim como tu me enviaste ao mundo, também eu os enviei ao mundo... para que o mundo conheça que tu me enviaste a mim, e que os tens amado a eles como me tens amado a mim." João 17:16-23 Testemunho para a glória de Deus.

É somente enquanto estamos aqui, nesse mundo, que podemos dar testemunho do amor de Deus, da obra de Cristo e da graça de Deus. "Para que sejais irrepreensíveis e sinceros, filhos de Deus inculpáveis, no meio de uma geração corrompida e perversa, entre a qual resplandeceis como astros no mundo". Filipenses 2:15 É somente enquanto estamos aqui que podemos glorificar a Deus no nosso dia a dia. "Portanto, quer comais quer bebais, ou façais outra qualquer coisa, fazei tudo para glória de Deus". 1 Coríntios 10:31

É somente enquanto estamos aqui, que podemos seguir os passos de Jesus enquanto no mundo, mostrando Seu amor aos que estão ao nosso redor. "Porque somos feitura sua, criados em Cristo Jesus para as boas obras, as quais Deus preparou para que andássemos nelas". Efésios 2:10 E para nós mulheres já salvas, alguns exemplos específicos de boas obras que podemos fazer. "Tendo testemunho de boas obras: Se criou os filhos, se exercitou hospitalidade, se lavou os pés aos santos, se socorreu os aflitos, se praticou toda a boa obra". 1 Timóteo 5:10

Jesus não morreu por mim porque eu sou o centro do Cristianismo. Jesus morreu por mim e por todos aqueles que o aceitam como seu Salvador, para a glória de Deus. "Porque não nos pregamos a nós mesmos, mas a Cristo Jesus, o Senhor; e nós mesmos somos vossos servos por amor de Jesus. Porque Deus, que disse que das trevas resplandecesse a luz, é quem resplandeceu em nossos corações, para iluminação do conhecimento da glória de Deus, na face de Jesus Cristo. Temos, porém, este tesouro em vasos de barro, para que a excelência do poder seja de Deus, e não de nós". 2 Coríntios 4:5-7

Se eu e você ainda estamos nessa Terra é porque Deus ainda quer mostrar Sua glória por meio dos nossos vasos de barro. É porque ainda há filhos para serem criados, pessoas para serem servidas, pés para serem lavados, aflitos para serem socorridos, toda boa obra para ser feita e pessoas para serem tocadas pelo amor de Deus. E como fazer tudo isso? "tendo cingidos os vossos lombos com a verdade, e vestida a couraça da justiça", "orando em todo o tempo com toda a oração e súplica no Espírito" e "servindo de boa vontade como ao Senhor, e não como aos homens". Efésios 6:1,7,14

"Portanto, vede prudentemente como andais, não como néscios, mas como sábios, Remindo o tempo (ou usando bem cada oportunidade); porquanto os dias são maus". Efésios 5:16

Tenho certeza de que quando seguimos o que Deus quer de nós, não vamos ter que nos preocupar com o que fazer com o nosso tempo livre!! Que possamos dizer como Paulo ao final de nosso tempo aqui "Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé. Desde agora, a coroa da justiça me está guardada, a qual o Senhor, justo juiz, me dará naquele dia; e não somente a mim, mas também a todos os que amarem a sua vinda". 2 Timóteo 4:7,8

Saturday, May 19, 2012

Cicatrizes no Céu



Eu carrego uma cicatriz. Não é bonita e não é o que eu tinha planejado, mas lá ela está, uma cicatriz que me acompanhará até morrer. Entretanto, quando olho para a minha cicatriz, não me sinto totalmente triste, porque sei que essa cicatriz significa que meu filho mais novo está vivo e saudável. Que para a sua segurança, tive que passar por uma cesariana, e essa cicatriz, embora feia, é uma cicatriz de amor.

Quem me dera que todas as cicatrizes desse mundo fossem cicatrizes de amor, mas a verdade é que há muito mais cicatrizes de raiva, ódio, enfermidades e acidentes. Cicatrizes que não trazem a lembrança momentos felizes. Algumas vezes a cicatriz não é visível, ela está lá no fundo do coração e ainda aberta e doendo.

Eu li em algum lugar que a única coisa feita pelo homem nos céus são as cicatrizes de Jesus. Você já parou para pensar nisso? Que Jesus, sendo Deus, decidiu nascer como homem para nos salvar e a única coisa que nós pudemos oferecer em troca foram cicatrizes? Que a única coisa que pudemos mandar de volta para os céus como lembrança, foram cicatrizes? Cicatrizes que Ele tem porque decidiu que não iria chamar doze legiões de anjos para libertá-lo dos pregos que nós estávamos pregando em suas mãos. Cicatrizes que Ele tem porque decidiu que iria cumprir Seu propósito e receber em Si mesmo todo o juízo que nós merecemos.

Quando João descreve o que está acontecendo nos céus em Apocalipse ele diz de Jesus Cristo "um Cordeiro, como havendo sido morto (ou em outras versões, assassinado, massacrado, imolado)" Apocalipse 5:6. Ele não foi somente morto, Ele foi morto por uma morte violenta, como um massacre. O tipo de morte que a maioria de nós não planeja ter. E foi exatamente esse tipo de morte que nós decidimos que nosso criador merecia. Ser assassinado.

Ao mesmo tempo que as cicatrizes de Jesus são cicatrizes da raiva, ódio e feiúra do homem, elas também são cicatrizes de amor. "Mas Ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e moído por causa das nossas iniqüidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre Ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados" Isaías 53:5. Elas são a prova de que Ele nos amou ao ponto de permitir, enquanto nos salvava, que o furássemos. Elas são a prova de que Ele escolheu não somente nascer com um corpo de homem, mas manter as cicatrizes em seu corpo. Para que quando eu olhasse para Ele, entendesse que Seu amor não é algo para ser esquecido, que a minha natureza pecaminosa não é algo do que me orgulhar, ou tentar melhorar.

Você enxerga as cicatrizes de Jesus Cristo como as cicatrizes do seu Salvador? Você enxerga Suas cicatrizes como cicatrizes de amor por você?

E se você já o aceitou, você pode dizer como Paulo "porque trago no meu corpo as marcas do Senhor Jesus"? Gálatas 6:17

Cicatrizes


"Nenhuma cicatriz tens tu? 
Nenhuma cicatriz escondida no pé, ao lado, nas mãos? 
Ouço-te cantar tão alto aí na terra, 
Ouço os homens saudarem tua brilhante estrela que se ergue, 
Nenhuma cicatriz tens tu? 
Nenhum ferimento tens ? 
Eu, contudo, fui ferido pelos lanceiros e exausto, 
Encostaram-me ao madeiro para morrer. 
E, vendido pelas feras que tramaram contra mim, desfaleci. 
Nenhum ferimento tens tu? 
Nenhuma ferida? Nem cicatriz? 
Contudo, como o Mestre o servo será. 
E serão transpassados os pés que Me seguem. 
Mas os teus pés estão intactos! 
Pode ter seguido muito, quem não possui ferida ou cicatriz? "

Amy Carmichael


Tuesday, May 15, 2012

Cinderela às avessas


Qual é a menina que um dia não sonhou em ser Cinderela? Que se encanta com histórias similares em que a gata borralheira se transforma em princesa? Todo o trabalho duro, toda a pobreza, todo o esforço é deixado para trás e uma vida cheia de glamour e regalias a espera.

Mas e se você fosse uma princesa e um dia virasse gata borralheira? Será que você acharia injusto? Será que você aceitaria essa nova posição? Será que você seria uma gata borralheira feliz ou viveria em angústia por não ser mais uma princesa?

Deixe-me contar a história de alguém que passou por uma situação similar. Na verdade não é a história de uma princesa, mas de um príncipe. Um príncipe do reinado mais importante do mundo na sua época, com direito a todas as regalias. Um príncipe que passou quarenta anos de sua vida vivendo no palácio. Um príncipe que na verdade era bebê de uma gata borralheira mas foi adotado por uma princesa como seu filho. Seu nome era Moisés.

Moisés era do povo de Israel, mas na época que nasceu o seu povo estava nas mãos do Faraó do Egito e este não queria que o povo de Israel crescesse muito e se revoltasse, então mandou matar todos os bebês homens. Mas Moisés, quando nasceu, era um bebê tão bonito que sua mãe não queria entrega-lo para ser morto de jeito nenhum e o escondeu por três meses. Mas após três meses, já não havia mais como escondê-lo e ela o coloca em uma cesta bem protegida no rio. A filha do Faraó achou o bebê e uma vida de príncipe se inicia para Moisés.

Mas Moisés "pela fé, sendo já grande, recusou ser chamado filho da filha de Faraó, escolhendo antes ser maltratado com o povo de Deus, do que por um pouco de tempo ter o gozo do pecado; tendo por maiores riquezas o vitupério (ou desprezo) de Cristo do que os tesouros do Egito; porque tinha em vista a recompensa." Hebreus 11:24-26 Maltratado? Desprezado? Quem é que preferiria ser maltratado  e desprezado do que ter vida de príncipe?

Moisés deixa para trás a vida de príncipe porque ele enxerga o invisível. Ele reconhece que a vida de príncipe duraria algumas décadas, mas e depois, o que aconteceria depois que seu corpo fosse embalsamado e colocado dentro de uma pirâmide?

Mas Moisés não apenas deixa a vida de príncipe, ele segue o que Deus quer para ele e seus últimos quarenta anos de vida são passados passados no deserto como líder de um povo que não segue muito a sua liderança. No deserto? Como é que Moisés poderia achar que fez a escolha certa quando tudo parece ter ido de mal a pior?

Mas não se deixe enganar pelos detalhes. O deserto está vazio de prazeres para o corpo que o Egito poderia oferecer, mas está transbordando de tesouros para a alma. Moisés foi privilegiado em assistir Deus fazendo milagres um após o outro para tirar o povo de Israel das mãos dos egípcios. E é quando Moisés está no deserto que algo maravilhoso acontece: "E falava o Senhor a Moisés face a face, como qualquer fala com o seu amigo" Êxodo 33:11 Face a face com o Deus do Universo!! Você acha que no deserto ele sente saudades de ficar face a face com o importante Faraó? Tenho certeza de que não, ele está face a face com alguém muito mais importante.

"E esteve ali com o Senhor quarenta dias e quarenta noites; não comeu pão, nem bebeu água, e escreveu nas tábuas as palavras da aliança, os dez mandamentos. E aconteceu que, descendo Moisés do monte Sinai trazia as duas tábuas do testemunho em suas mãos, sim, quando desceu do monte, Moisés não sabia que a pele do seu rosto resplandecia, depois que falara com ele." Êxodo 34:28-29 A pele do seu rosto resplandece!!

Moisés podia ter passado todos os seus 120 anos de vida vivendo confortável no palácio do Egito e nunca ter a sua face brilhando com a glória de Deus. Moisés podia ter passado toda a sua vida se alimentando dos pratos fabulosos servidos na mesa do palácio e nunca vivenciar 40 dias sem precisar de nenhuma comida e nenhuma bebida, sendo sustentado somente por Deus. Mas quando Moisés aceita tomar o desprezo de Cristo e ser maltratado com o povo de Deus, ele descobre que o que ele tinha deixado para trás não era nada comparado com o que ele ganhou.

E você? Quando você olha para Cristo morrendo naquela cruz, você enxerga um homem desprezado e maltratado, ou você enxerga seu Salvador que abriu o caminho para os céus para que você também possa ver a glória de Deus?

E você que já aceitou a Cristo como seu Salvador, quando Deus te pede para ir ao deserto sofrer com o povo de Deus, você consegue enxergar Ele te chamando para uma vida de tesouros para a alma? Para um futuro de recompensa?

Porque não é Cinderela que vive feliz para sempre, mas sim aqueles que aceitam o desprezo de Cristo. "O qual é imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação." Colossenses 1:15

Thursday, May 10, 2012

Você está dentro da moda da Bíblia?


A cada estação que passa, a moda muda. Um ano está na moda usar tons neutros; no outro, tudo colorido. Em um inverno está na moda usar calças largas e no outro, calças apertadas. A moda avança, atrasa, inventa o futuro e reinventa o passado. E mantém nós mulheres sempre ocupadas com as atividades necessárias para ficarmos dentro da moda. Será que tem algo de errado em estar em sintonia com a moda? Ou será que estar dentro da moda é apenas mais um requisito para nos sentirmos aceitas?

A Bíblia também tem uma moda. Na verdade, logo no começo da Bíblia o primeiro homem e a primeira mulher inventaram a primeira roupa, feita de folhas de figueira. Eles acharam que vestindo folhas de figueira eles estariam cobrindo suas fraquezas e teriam mais chances de serem aceitos novamente. Mas Deus  mostra que essa roupa de folhas de figueira não era a melhor solução, e faz para eles roupas de pele de um animal.

Você sabia que Deus também quer cobrir você de uma forma especial? Melhor do que todas as modas e do que todas as roupas mais caras do mundo? O profeta Isaías disse "Regozijar-me-ei muito no SENHOR, a minha alma se alegrará no meu Deus; porque me vestiu de roupas de salvação, cobriu-me com o manto de justiça" Isaías 61:10 Roupas de salvação? Manto de justiça?

Jesus Cristo morreu na cruz para cobrir você. Como aquele animal que foi morto para cobrir Adão e Eva, Jesus Cristo morreu para que você pudesse ser coberta por roupas de salvação, por um manto de justiça. Para que quando Deus olhasse para você, Ele não enxergasse a sua nudez, as suas fraquezas e o seu pecado. Para que você pudesse por um fim ao constante esforço de tentar se sentir aceita.

Quando o filho pródigo volta arrependido para a casa do pai, o pai diz "Trazei depressa a melhor roupa; e vesti-lho, e ponde-lhe um anel na mão, e alparcas nos pés; E trazei o bezerro cevado, e matai-o; e comamos, e alegremo-nos" Lucas 15:22-23 A melhor roupa para um homem que tinha passados os últimos meses vivendo entre porcos? A roupa iria ficar toda suja! Não. Ela iria cobrir toda a sujeira do filho. Ela iria fazê-lo aceito novamente.

Você está realmente vestida? Você está dentro da única moda que traz completa aceitação? Você está pronta para parar de correr atrás do vento, e reconhecer que se o Deus de toda a Terra e de todo o Universo te aceita, não é preciso ir atrás de mais nenhuma moda?

Mas existe um detalhe na moda da Bíblia. As roupas da moda do mundo, uma vez vestidas, a cada ano que passa só ficam mais velhas, mais fora de moda, e é preciso depois de um tempo comprar mais roupas, seguir outra moda. A moda da Bíblia é completamente diferente. Uma vez vestida por Jesus Cristo, a roupa só fica mais nova. "Pois que já vos despistes do velho homem com os seus feitos, e vos vestistes do novo, que se renova para o conhecimento, segundo a imagem daquele que o criou" Colossenses 3:9-10 Uma roupa que se renova!!

Agora imagine aquele filho pródigo, uma vez coberto pelo pai com a melhor roupa, depois de alguns anos comece a colocar outras roupas por cima de si mesmo achando que aquela roupa do pai já está meio antiquada. Além disso, o que as pessoas vão pensar se me virem usando a roupa do meu pai? Paulo tem uma mensagem especial para nós mulheres nesse sentido. Ele diz "Que do mesmo modo as mulheres se ataviem em traje honesto, com pudor e modéstia, não com tranças, ou com ouro, ou pérolas, ou vestidos preciosos, mas (como convém a mulheres que fazem profissão de servir a Deus) com boas obras." 1 Timóteo 2:9-10

Boas obras para melhorar a roupa? Não! A roupa já é perfeita! Boas obras que procedem da roupa!! É por causa da roupa nova que podemos, uma vez vestidas, produzir boas obras!

Você quer ficar dentro da moda da Bíblia? Aceite a roupa que Deus está te oferecendo. Aceite Jesus Cristo como a cobertura final para cobrir tudo o que você não pode esconder de Deus.

Você já está coberta por Cristo? Ofereça a sua vida como adoração àquele que te vestiu. Existem aproximadamente 2 bilhões de pessoas no mundo que nunca ouviram sobre essa roupa nova. E existem 200 milhões de cristãos atualmente que são perseguidos por usar essa roupa nova. Que possamos estar mais em sintonia com Deus, para espalhar a moda da Bíblia, do que em sintonia com o mundo, para espalhar a moda que não dura.

Saturday, May 5, 2012

As mulheres menos que perfeitas da genealogia de Jesus


Quantos esqueletos que você tem escondidos no seu armário? Quantos segredos você preferiria que ninguém soubesse? Quantas manchas você tem no seu passado que a fazem sentir suja? Quão longa é a lista de pecados que você gostaria de fazer desaparecer?

O primeiro livro do Novo Testamento na Bíblia se inicia com a genealogia de Jesus. Mateus, o escritor, tinha a oportunidade de enfatizar todos os antepassados de Jesus que foram famosos, valentes ou importantes. Mas Mateus incluiu nessa genealogia o nome de quatro mulheres marginalizadas e pecadoras. Mateus não omitiu os esqueletos escondidos no armário.

Se o evangelho de Mateus fosse um livro fictício, ou um livro escrito para promover um Messias ao povo judaico, você imaginaria que o autor tivesse o bom senso de usar o nome de mulheres mais ilustres. A não ser que o evangelho de Mateus não seja um livro fictício. A não ser que Mateus escreveu o que realmente aconteceu.

Mateus poderia ter incluído mulheres mais ilustres como Lia ou Sara mas as quatro mulheres que Mateus, inspirado pelo Espírito Santo, decidiu incluir na genealogia são:

Tamar: teve seus dois filhos gêmeos através de um relacionamento incestuoso com o pai de seu marido falecido, se disfarçando como prostituta.

Rahab: prostituta gentia poupada da morte por ter ajudado os espias de Jericó.

Ruth: uma mulher moabita. A nação de Moabe se originou com o incesto entre Ló e uma de suas filhas que deu bebida alcoólica para ele não perceber o que estava fazendo.

Mulher de Uriah: essa mulher entra na história através do adultério e assassinato promovido pelo rei Davi.

Talvez você se identifique com a vergonha de fazer parte de um grupo de mulheres menos que perfeitas. Mas Mateus, o escritor do livro, também sabia o que era fazer parte de um grupo de pessoas menos que perfeitas. Ele tinha sido um coletor de impostos. Alguém que tomava dinheiro de seus semelhantes judeus e entregava aos romanos. Eles eram famosos por ficarem ricos às custas de explorarem seu próprio povo. Mas Mateus também sabia que um dia Jesus dissera para ele, "Mateus, segue-me". Ele sabia que Jesus o tinha aceito na condição que estava.

As quatro mulheres menos que perfeitas incluídas na genealogia são uma prova da graça de Deus, são uma prova de que...


Deus escolheu as coisas loucas deste mundo para confundir as sábias; e Deus escolheu as coisas fracas deste mundo para confundir as fortes;
E Deus escolheu as coisas vis deste mundo, e as desprezíveis, e as que não são, para aniquilar as que são; Para que nenhuma carne se glorie perante Ele.
1 Coríntios 1:27-29

Graça, graça e mais graça para que toda glória seja de Deus. Nada na história do mundo acontece por acidente. Cada detalhe do Velho Testamento apontava para um rei que viria. Nós não somos o centro da história. Jesus Cristo é o centro da história. Tudo apontava para Ele ou flui DEle, e tudo está centralizado NEle. A razão de nossa vida estar na história do mundo é para conhecer sua graça e adorar à sua pessoa.

Mas e o que acontece com todos aqueles esqueletos no armário? E o que acontece com aquela lista longa de pecados que você tem? Quando você aceita Ele como seu Senhor e Salvador Ele diz...

E jamais me lembrarei de seus pecados e de suas iniqüidades. Hebreus 10:17

Ele não só perdoa, Ele esquece! Nós conseguimos perdoar uns aos outros, mas não esquecer. Ele perdoa e escolhe esquecer!

Friday, May 4, 2012

Vai, vende tudo quanto tens...


Talvez você já tenha ouvido falar do evangelho da prosperidade. Aquele que diz que se você seguir à Jesus Ele vai te abençoar com muitos bens materiais, com muita saúde e com uma vida perfeita. Como é que nós mulheres poderíamos resistir à tal apelo? Todas nós queremos uma vida confortável e sem preocupações. O que há de errado nisso?

Mas quando eu leio os evangelhos para aprender o que Jesus diz, eu não encontro em nenhum lugar tal promessa. Muito pelo contrário. Ele diz "Se alguém quiser vir após mim, negue-se a si mesmo, e tome a sua cruz, e siga-me." Marcos 8:34 Muita gente diz "Cada um tem a sua cruz para carregar", significando que cada um tem um fardo na vida para carregar. Mas o que Jesus diz é bem diferente. Ele diz para tomarmos a cruz. Para voluntariamente colocarmos nas costas algo que não estava nas costas antes.

Além disso, só existe uma razão para carregar uma cruz. E a razão é se você estiver indo para ser crucificada. Quando Ele diz siga-me, Ele está dizendo siga-me para o Golgotha, ou lugar da Caveira. Os romanos usavam o Golgotha para três finalidades: como lugar para jogar lixo, como uma vala aberta para cadáveres de criminosos ou andarilhos e como lugar de execução.  Alguém interessado?

Um dia um homem muito rico e religioso chegou a Jesus perguntando "Bom Mestre, que farei para herdar a vida eterna?" Marcos 10:17 Ele seguia todos os mandamentos judáicos mas Jesus pede uma coisa mais "E Jesus, olhando para ele, o amou e lhe disse: Falta-te uma coisa: vai, vende tudo quanto tens, e dá-o aos pobres, e terás um tesouro no céu; e vem, toma a cruz, e segue-me." Marcos 10:21

O que estava faltando para o homem rico? Estava faltando colocar Jesus acima de todas as coisas que ele tinha. Jesus não pediu para ele dar tudo o que tinha aos pobres porque Jesus não gostava do homem. O versículo diz: o amou. Era porque Jesus amava aquele homem de tal forma que Ele queria transformar o seu coração.

Talvez Jesus não peça à você para dar tudo o que tem aos pobres, e antes que você se sinta aliviada, saiba que é para as que se sentem aliviadas que Ele provavelmente peça para vender tudo! Jesus sempre deixou claro o que significaria segui-lo: "E aconteceu que, indo eles pelo caminho, lhe disse um: Senhor, seguir-te-ei para onde quer que fores. E disse-lhe Jesus: As raposas têm covis, e as aves do céu, ninhos, mas o Filho do homem não tem onde reclinar a cabeça." Lucas 9:57-58

Só existe uma razão para seguir a Jesus: Se você enxergar o quão arruinado está, o quão longe de Deus, e que Jesus, sendo Senhor se fez servo, e durante três horas na cruz, recebeu sobre Si, enquanto vivo e na forma de homem, todo o juízo de Deus que você merecia receber. Jesus não promete uma vida com muitos bens materiais, com muita saúde e sem preocupações. Mas Ele promete "que o amor com que me tens amado esteja neles, e eu neles esteja." João 17:26  Mulher, é Jesus suficiente para você?

Thursday, April 26, 2012

O que você quer de Jesus?


Se Jesus te perguntasse nesse momento, "O que você quer que Eu te faça?" O que você responderia? Imagine que você responda sem pensar duas vezes, você simplesmente diga tudo o que tem no seu coração. Quero casa nova, carro novo, roupas novas, um emprego bom, quero ficar famosa, quero ficar bonita, quero um namorado novo. O que está na sua lista?

Um dia Jesus fez essa mesma pergunta para três pessoas diferentes. Primeiro Ele fez essa pergunta para dois irmãos, chamados Tiago e João. Esses dois irmãos tinham vindo pedir algo para Jesus e disseram: "queremos que nos faças o que te pedirmos" Marcos 10:35 Bom, a princípio dá a impressão que eles não tem muita educação e respeito e se acham mais importantes que o próprio Jesus. Mas Jesus não os repreende, Ele pergunta: "Que quereis que vos faça?" Marcos 10:36 Ele queria ir até ao fundo do coração deles para saber de onde provinha essa soberba. Eles respondem: "Concede-nos que na tua glória nos assentemos, um à tua direita, e outro à tua esquerda." Marcos 10:37 Ah, eles queriam glória!! Queriam ficar na mesma altura de Jesus! Eles se achavam tão importantes que queriam ser os primeiros da lista! 

Olhando de fora, podemos acusar esses dois irmãos de mil coisas, mas o que é que nós estamos pedindo para Jesus? O que você quer de Jesus? Será que é diferente do que eles queriam? Será que não é um pouco de glória aqui e ali? Será que não é usar Jesus para alcançar o nosso reino?

Na semana anterior de Jesus ser crucificado (o chamado Domingo de Ramos) uma multidão o seguiu com ramos e proclamavam "Bendito o Rei que vem em nome do Senhor; paz no céu, e glória nas alturas." Lucas 19:38 Uma multidão ansiosa para ver Jesus como rei. Mas muitos não entendiam que Ele não seria rei no sentido que eles esperavam: um rei para tomar o poder das mãos dos romanos. Eles não entendiam que Ele iria até a cruz para morrer e trazer salvação para todos, inclusive aos romanos. Eles não entendiam que as coisas para eles não iriam melhorar, elas iriam piorar. Jesus os deixaria em servitude aos romanos. Eles sofreriam mais perseguições, mais seguidores de Cristo seriam colocados em prisões e martirizados. Pode ser que muitos daquela multidão estavam somente procurando seus próprios reinos, sua própria glória, e quando viram que Jesus seria crucificado, e não ganhariam nada material em troca de seguí-lo, gritaram com os outros: Crucifica-o!!

Mas havia um terceiro homem, para quem Jesus fez aquela mesma pergunta, um pouco depois da conversa com aqueles dois irmãos. Ele pergunta à esse terceiro homem: "Que queres que te faça?" Marcos 10:51 Esse terceiro homem era cego, havia ouvido acerca de Jesus e fez de tudo que pode para chamar atenção de Jesus. Quando o cego escuta a pergunta de Jesus, ele responde: "Mestre, que eu tenha vista." Marcos 10:51

Que diferença!! Ele queria poder ver à Jesus! E depois de receber sua visão de volta, ele imediatamente segue à Jesus. Que lição para todas nós mulheres!! Nossa lista de desejos pode ser infinita, mas nada nessa lista importa se estivermos cegos para Jesus. Se quisermos buscar somente nossos próprios reinos!

"Mas entre vós não será assim; antes, qualquer que entre vós quiser ser grande, será vosso serviçal; E qualquer que dentre vós quiser ser o primeiro, será servo de todos. Porque o Filho do homem também não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida em resgate de muitos." Marcos 10:43-45

Que o nosso maior e único desejo seja enxergar Jesus como Ele realmente é! Desejá-lo por quem Ele é! Desejá-lo porque Ele é precioso! (pedra principal... para vós, os que credes, é preciosa...1 Pedro 2:6-7)


Monday, April 23, 2012

Você está procurando por amor verdadeiro?


Feche seus olhos, imagine sua vida como um ponto no meio da eternidade. Como uma gota de água no mar, como um grão de areia na praia. Insignificante aos olhos humanos. Agora imagine Deus. Maior que toda a eternidade, maior que todo o mar, maior que toda a praia. E mesmo com tanta grandeza, Ele está nesse momento olhando exatamente para você. Ele está nesse momento interessado nesse minúsculo ponto que é você. Feche seus olhos, você consegue escutar Ele te chamando? Você consegue escutar Ele dizendo, Eu te amo? 

Ele não está dizendo "Eu te amo" se você seguir essa lista de ordens e mandamentos. Ou "Eu te amo", se você não cometer nenhum pecado. Ele está dizendo simplesmente "Eu te amo". Mas, nós como mulheres, podemos nos perguntar: como é que Ele pode dizer "Eu te amo" e como posso acreditar nessas palavras? Meus ex namorados me disseram "Eu te amo", e machucaram o meu coração. Meu ex marido me disse "Eu te amo", e me largou sozinha. Meus pais me disseram "Eu te amo", e me decepcionaram. Minha igreja me disse "Eu te amo", e jogaram pedras em mim quando não segui todas as regras. 

Culturalmente, o amor é visto como uma força irracional como em "Não escolhemos por quem nos apaixonamos". Como uma força maior que nós mesmos, da qual não temos controle, uma flecha do cupido. Como uma onda que nos empurra em uma direção e um dia ela simplesmente se desmancha e nós "Não amamos mais aquela pessoa". O amor, culturalmente, também é visto como uma força sensual. Nos filmes amor se compara a sexo. Mas o maior problema de enxergar o amor como todas as formas acima, é que o amor não pode ser explicado quando direcionado aos filhos, aos semelhantes. E ultimamente à Deus. 

Essa visão do amor romântico, que se iniciou na história grega do Cupido, é um mito. Porque esse mito de amor não sobrevive às dificuldades, às adversidades, ou desastres. Esse mito não traz conforto à mulher que já não é mais bela conforme os padrões da sociedade e teme que seu marido será arrastado para longe de si por uma onda incontrolável de amor por uma moça mais jovem. Esse mito de amor não explica a mulher cuidando de seu marido em uma cadeira de rodas inválido depois de um acidente. 

Logo no início da Bíblia nós lemos "Amarás, pois, o SENHOR teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todas as tuas forças." (Deuteronômio 6:5) Deus pede um amor que provêm de três áreas de nossas vidas. Um amor baseado no amor que Ele tem por nós. Coração, alma e forças. Mas o que significa isso? 

Coração. A palavra no hebraico usada no versículo acima para coração é lebab, que significa "homem interior, mente ou vontade". Muitas vezes nós falamos do coração como algo contrário à mente. Mas o coração é somente um órgão para pulsar o sangue, enquanto o amor na verdade reside na mente e na vontade. Assim, amor é uma escolha. E não uma força incontrolável. 

Alma. O fato de o amor ser uma escolha não nega que envolve emoções. Mas o amor não é 100% emoções. Ele é acompanhado por emoções, mas não dirigido por emoções. Porque as emoções mudam. 

Forças. O amor leva à ação. Por isso por toda a Bíblia fala de amar primeiro e obedecer como resultado. E diz que se você quer ver uma pessoa que ama à Deus, olhe para às suas ações.

E é por isso que podemos confiar no amor de Deus. Porque Deus escolheu nos amar (coração). Seu amor não está baseado em reações químicas, ou em uma força inconstante. Sua escolha por nos amar levou-o a compadecer-se do nosso estado arruínado (emoções). E seu amor levou-O a agir (forças). Jesus foi até a cruz e sofreu o juízo que nós merecíamos. O maior ato de amor. 

Esse é o amor com que Ele nos ama. Um amor perfeito. Do qual podemos receber em abundância e amar à Deus de volta com o mesmo tipo de amor. Um amor que provém de Deus. Um amor com que podemos amar uns aos outros. Nosso esposo, nossos filhos, nossos pais, nossos amigos e até nossos inimigos. Uma escolha diária, que gera emoções e leva à ações. 

Porque o amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece. Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal;
Não folga com a injustiça, mas folga com a verdade; Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. O amor nunca falha. (1 Coríntios 13:4-8)

Você está procurando por amor verdadeiro? Ele te ama com amor verdadeiro.

Saturday, April 14, 2012

Vou Pescar

O apóstolo Pedro, após a morte e ressurreição de Jesus, diz aos discípulos: Vou pescar (João 21:3). E nós mulheres, podemos pensar, mas o que há errado em ir pescar? Afinal eles eram pescadores! Era a profissão deles, o dia a dia, a rotina de segunda a sexta. Os outros discípulos acham boa a idéia dele e o seguem. Mas após passarem a noite toda pescando, eles não pegam peixe algum. 


Bom, podemos pensar, devia ser um dia ruim para pescar, talvez o mar não estivesse ideal, ou o vento, as ondas. Mas de manhã cedo, Jesus aparece à eles e diz para lançarem a rede para o lado direito do barco e não é que quando eles puxam a rede de volta ela estava tão pesada com peixes que eles quase não conseguem levantá-la de volta ao barco?

Quando eu olho para essa história, me vejo muitas vezes nela. Tentando pescar, achar peixe, trabalhar duro, remar o barco, lutar contra o sono para pescar a noite toda. Não somos todas assim, nós mulheres? Queremos ser produtivas, ver a casa em ordem, o jantar na mesa, a lista de tarefas checadas. A segunda feira chega com toda força e uma faxina para fazer ou trabalho para atender. E o Domingo vai ficando longe, mais longe, tão longe que parece nunca nem ter existido. 

Faz sentido no Domingo lembrar de Jesus, da ressurreição, do sacrifício que Ele fez para abrir o caminho à Deus. No Domingo faz sentido ler a Bíblia, assistir uma pregação, cantar alguns hinos. Mas na segunda feira é hora de fazer trabalho de verdade, de ser produtivo, não é? Mas as redes continuam vazias. Elas não trazem alimento para a alma, para o espírito e muitas vezes nem mesmo para o corpo. Vazias, uma após a outra. 

Às vezes, lendo essa passagem na Bíblia, dá vontade de ir lá naquele barco e dizer à Pedro: "Pedro, lembra que Jesus disse que iria fazer de vocês pescadores de homens? Pedro, sai desse barco e vai dizer ao mundo inteiro que Jesus está vivo! Pára de se preocupar com os peixes, Jesus disse que ele iria prover seu alimento, não se preocupe Pedro!"

E então a ficha cai; E o que é que eu estou fazendo jogando redes para todos os lados, como Pedro? Deixando Jesus no Domingo e vivendo de Segunda a Sábado pescando nada, construindo palha e madeira e esquecendo que "Buscai primeiro o reino de Deus e a sua justiça e todas essas coisas vos serão acrescentadas. (Mat 6:33)"?

O detalhe está em que Jesus não manda todos saírem do barco e ir pregar ao mundo todo que Ele estava vivo. Primeiro Ele manda eles jogarem a rede, mas dessa vez na companhia Dele. É claro que não há nada de errado em querer ser produtivo, arrumar a casa, ir ao trabalho. Mas tudo se torna vazio quando nos esquecemos do nosso chamado, da razão de existirmos. Nos esquecemos de deixar Deus tomar o comando de nossas vidas para trazer significado, para seguirmos um objetivo eterno em comunhão próxima com Ele. Porque Ele não está interessado em quantos peixes você consegue pescar, Ele está interessado em você. 

E quando você olhar para todos os peixes que Ele te ajudar a pescar, você nem vai se importar com os peixes, mas vai dizer como João: "É o Senhor!" E Jesus dirá "Trazei dos peixes que agora apanhastes" Ele não diz "Que nós apanhamos" ou que "Eu apanhei para vocês" Ele dá crédito ao trabalho deles e então oferece descanso e alimento "Vinde, comei."

Ele não te chama para dar uma lista de obrigações, ou para dar uma bronca. Ele te chama porque quer ter comunhão com você, oferecer alimento real para você. "Vinde, mulher, comei."

Sunday, April 8, 2012

Mulher, a quem procuras?




Hoje o mundo cristão celebrou a Páscoa, que embora seja uma data altamente comercializada, me fez parar e pensar sobre a verdadeira Páscoa, o verdadeiro começo.


E por quê não inaugurar também esse novo blog, direcionado à mulheres, para compartilhar sobre esse novo começo, iniciado há mais de dois mil anos atrás que transformou a história do mundo e que ainda transforma vidas?


Talvez você se identifique com Maria Madalena, naquele primeiro dia da semana, confusa com tudo o que vê ao redor, com seus olhos cobertos por lágrimas, coração quebrado, esperança apagada. E você sente-se estar sozinha nessa situação, sozinha nesse momento em sua vida, sozinha e sem direção.


E você acha que ninguém se importa, Deus não te escuta, ninguém reconhece seu valor. Mas uma voz interrompe suas indagações. Uma voz familiar, mas que você nao reconhece mais, uma voz que te pergunta. Mulher, por quê choras? Por quê as lágrimas? Por quê a tristeza? Por quê o fundo do poço? E a voz continua. A quem procuras? Mulher, a quem procuras?


Porque existem tantos a quem podemos estar procurando, como mulheres. Podemos estar procurando por príncipes encantados que irão transformar nossas vidas em vidas de princesa. Podermos estar procurando por pessoas famosas que irão modelar nossos sonhos. Podemos estar procurando por gurus de beleza, de forma física, de auto-conhecimento, de auto-transformação. Podemos estar procurando por carreira, dinheiro, sucesso. Mulher, a quem procuras?


E como Maria Madalena, podemos confundir a voz com um ser humano qualquer, um jardineiro, e não dar devida importância. Apenas desabafar nossos pesares. Mas a voz não desiste, Ele te chama, Ele diz seu nome: Maria!! Ele toca seu coração, Ele mostra que era Ele ali todo o tempo com você. Enquanto você procurava, Ele já tinha te achado. E que Ele te escolheu para contar a melhor notícia que o mundo já ouviu. "Meu Pai e vosso Pai, Meu Deus e vosso Deus" O caminho para Deus está aberto!


Jesus escolheu uma mulher desprezada pelo mundo todo. Uma mulher que nunca estaria na capa de nenhuma revista. Uma mulher que nunca estaria na presidência de nenhuma empresa. Uma mulher, Maria Madalena, para mostrar que Ele estava vivo e que havia aberto o caminho ao Pai, através de sua morte.


Ele ainda hoje escuta seu pranto, suas lágrimas, suas dúvidas e Ele continua perguntando: Mulher, por que choras? A quem procuras?


Ele pode limpar suas lágrimas, Ele pode ser tudo o que você sempre procurou, Ele te chama pelo seu nome! Ele diz: Paz seja convosco! E se Deus mesmo, o criador de tudo e de todos te oferece verdadeira paz, o que mais você poderia precisar?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
BLOG DESIGN BY DESIGNER BLOGS