Thursday, August 28, 2014

Como criar filhos para serem bem-sucedidos no casamento


"Não, não até que esteja completamente satisfeita, realizada e feliz por ser amada somente por mim...", dizia o poema. 

Ainda me lembro o quanto essas palavras me impactaram, quando estava nos meus vinte e poucos anos procurando pelo meu "príncipe encantado" que iria me fazer feliz para sempre. 


O texto continuava dizendo: "em entregar-se totalmente e sem reservas a mim, a ter um intenso relacionamento pessoal somente comigo; descobrindo que só em mim sua satisfação é planejada para você." 

Deus. Ele estava me dizendo que não importava o quão perfeito o príncipe fosse, não haveria ninguém nesta terra que iria preencher um buraco do tamanho de Deus no meu coração. E colocar tal fardo sob qualquer ser humano, seria um ato egoísta e cruel. 

Hoje, após dez anos felizes de casada, acredito que essa mensagem seja tão atual como no dia em que a li pela primeira vez. O segredo para um casamento bem-sucedido consiste em estar primeiramente completamente satisfeita com Deus, e então, a partir desse lugar de plenitude de satisfação e amor, posso estender amor ao meu marido, e depois aos meus filhos, ao meu próximo e ao mundo inteiro. 

Amor duradouro verdadeiro não é a mesma coisa que uma emoção romântica passageira. O primeiro tipo de amor é uma decisão diária não egoísta, centrada em Deus, a partir de uma perspectiva eterna. O segundo, um sentimento egoísta, transitório, interesseiro, a partir de uma perspectiva limitada ao agora.

A mulher samaritana que foi ao poço onde encontrou Jesus, estava no seu sexto relacionamento e ainda se encontrava sedenta. Estatísticas nos mostram que o sucesso do casamento diminui  a cada sucessivo cônjuge. Apenas água viva pode encher completamente o tanque do amor.


Nessa era atual do ultra consumismo, o casamento tornou-se uma mera mercadoria que promete trazer felicidade ao comprador. Vá as compras tentando achar o melhor produto, e se mais tarde não der certo, volte as compras em busca de algo diferente. Quanto mais individualista uma sociedade se torna, mais casamentos se desfarão. Porque afinal de contas, a única coisa que importa sou eu, nãé mesmo?

Que eu possa ter a sabedoria de ensinar meus filhos que dentro de um universo inteiro, e dentro de uma linha do tempo inteira que corre infinitamente para trás e para frente, de eternidade a eternidade, eles não são o centro de nenhum dos dois. Então, por que viver a vida diária como se fossem?


Existe um centro para o universo e existe um centro para a linha do tempo, e existe um centro ao qual devemos centralizar todo nosso coração ao redor. Quando Deus está no centro de duas vidas, o restante se encaixa no lugar, incluindo seu casamento. Esse é o segredo para um casamento bem-sucedido.


No comments:

Post a Comment

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
BLOG DESIGN BY DESIGNER BLOGS